Lua de Mel

Divulgacao

Viagem de Lua de Mel

Divulgacao

Lua de Mel

Divulgacao

A Viagem de Lua-de-Mel é a mais importante viagem romântica que um casal faz

Divulgacao

Viagem de Lua de Mel

Divulgacao

Viagem de Lua de Mel

Divulgacao

Na cultura Ocidental, o costume de um casal recém-casado viajar de férias juntos originou-se no século XIX

Divulgacao

Viagem de Lua de Mel

Divulgacao

Viagem de Lua de Mel

A Viagem de Lua-de-Mel não é um simples passeio de férias, mas sim a mais importante viagem romântica que um casal faz, marcando o início de uma nova etapa em suas vidas. É a primeira oportunidade onde marido e mulher deixam o dia-a-dia para desfrutarem essa experiência que tem data para começar, mas não tem para terminar.

Há diversas versões transmitidas oralmente, sobre como se originou a lua de mel. Uma delas é de que na Roma Antiga, o povo espalhava gotas de mel na soleira da casa dos recém-casados. Outra afirma que entre os povos germânicos, era costume casar na lua nova, e os noivos levavam uma mistura de água e mel, denominada hidromel, para beber ao luar.

A mais antiga é de dois mil anos antes de cristo, na Babilônia: o pai da noiva oferecia ao genro hidromel, para ser consumida nos 30 dias imediatos ao casamento, quando os noivos comemoravam, só entre eles, a união matrimonial. Na época, a contagem dos dias era feita pelo calendário lunar, razão pela qual esse período de comemoração ficou conhecido como "lua de mel".

Na cultura Ocidental, o costume de um casal recém-casado viajar de férias juntos originou-se no início do século 19 na Grã-Bretanha, um conceito emprestado da elite indiana. Casais da alta classe da Índia teriam um "tour de noiva", muitas vezes acompanhados por amigos ou familiares, para visitar parentes que não puderam comparecer ao casamento. A prática logo se espalhou para o continente europeu.

Lua de mel no sentido moderno (ou seja, uma romântica viagem de férias empreendida pelo casal) generalizou-se durante a Belle Époque, como um dos primeiros exemplos de turismo de massa moderno.

Os destinos de lua de mel mais populares para se viajar na época eram a Riviera Francesa e Itália, em particular cidades românticas como Roma, Verona e Veneza. Hoje isso mudou e destinos com neve ou praia são os mais procurados.

Normalmente a viagem de lua de mel começa na noite do casamento, com o casal saindo no meio da recepção para pegar um avião ou navio. No entanto, hoje em dia muitos casais marcam a viagem de lua de mel para 1 a 3 dias após a cerimônia e recepção, ou mesmo uma semana depois, a fim de simplesmente desfrutar mais da festa do casamento e ter uma noite de núpcias tranquila, antes de empreender uma longa viagem.

Muitos casais preferem viver a lua-de-mel em um resort com all inclusive, onde só precisam se preocupar em viver dias felizes. As opções são inúmeras, escolha um destino e boa viagem.

Lua de Mel Portugal - Palácios, Castelos e Monumentos Históricos

Aproveite o charme de Cascais e conheça um dos locais mais românticos de Portugal: Sintra.

Lua de Mel Seychelles Mahé

Praias cristalinas, combinadas com uma paisagem de beleza única, natureza intacta e preservada. Faça uma extensão às ilhas mais exclusivas: Felicité, Sainte Anne, North Island, Fregate.

Lua de Mel Maldivas - Anantara Dhigu Resort

Upgrade de Café da Manhã para Meia Pensão (*). Válido para estadias de 08 de Maio a 31 de Outubro de 2017 e de 09 de Abril a 23 de Dezembro de 2018.

Lua de Mel na Região dos Lagos Chilenos

Uma terra de contrastes, que convida a experimentar os prazeres da emoção. Paisagens de tirar o fôlego, com montanhas nevadas, lagos de cor esmeralda e o charme dos hotéis.

Lua de Mel Thaiti - Papeete, Tikehau e Bora Bora - Pearl Beach

Encante-se com a beleza da Polinésia Francesa. As acomodações são em bungalows em estilo polinésio, espalhados por exuberantes jardins tropicais e pela água azul-turquesa.

Lua de Mel no Brasil

Os melhores Destinos de Lua de Mel no Brasil, para se hospedar muito bem e viver dias inesquecíveis. Consulte-nos sobre mimos especiais para recém-casados, como late check-out e traslado privativos.